Equipamentos

Bisturi Eletrônico 300W painel em LED LE3

Bisturi Eletrônico 300W painel em LED LE3

Fabricante: BARRFAB

Bisturi Eletrocirúrgico da linha LE3 (300W), foi projetado para ser um produto médico eficiente, seguro e que atende o uso pretendido, apresenta formas de onda e níveis de potência de saída adequados a qualquer tipo de procedimento cirúrgico, inclusive ressecção transuretral. É um Bisturi certificado pelo Inmetro, de fácil movimentação, destinado ao uso em centros cirúrgicos, hospitais, clínicas e pronto socorro.

O Bisturi Eletrônico Microprocessado LE3 é um equipamento cirúrgico de alta frequência (390KHz), totalmente microprocessado, capaz de realizar corte e coagulação dos tecidos mediante a aplicação de corrente elétrica de alta frequência, que produz um aquecimento local instantâneo e controlado. Esse aquecimento é produzido pela transformação da energia elétrica, que passa através do tecido gerando o calor.

Dependendo do grau de intensidade, da potência e a forma de onda selecionada, o Bisturi Eletrônico Microprocessado, pode produzir os seguintes efeitos: Dessecação, Corte Eletrocirúrgico, Fulguração e Corte Misto (Blend).

Dessecação é a secagem do tecido através de um aquecimento relativamente lento, gerado por uma corrente de baixa potência, utilizando-se um eletrodo com grande superfície. 

No Corte eletrocirúrgico as células são aquecidas tão rapidamente que a água em seu interior é vaporizada, explodindo a célula e deixando uma cavidade. 

Na Fulguração, a coagulação é da camada mais superficial do tecido, ou cauterização, é obtida utilizando pulsos de corrente alternada, produzindo um aquecimento intermitente, menos intenso que no modo de corte.

O modo de Corte Misto, ou Blend, é uma combinação dos efeitos de corte e fulguração, produzindo uma cavidade com as paredes cauterizadas.

Muitos usuários atribuem ao Bisturi Elétrico ou Microprocessado o nome de Bisturi Cautério, até mesmo na hora de solicitar os acessórios, alguns usuários nos pedem por caneta para cautério ou pontas de cautério.

O painel frontal apresenta todas as informações através de Leds coloridos e display de sete segmentos, seus ajustes são realizados através de acionamento de teclas (tact switch). O ajuste das potências também podem ser executados de forma automática através da caneta de comando manual ou pelo pedal auxiliando o cirurgião com maior autonomia na escolha dos níveis de potências ideais para o procedimento a ser efetuado.

O Bisturi Eletrônico Microprocessado LE3 300W, têm disponível as conexões de saída para acionamento das técnicas de eletrocirurgia monopolar-1, monopolar-2 e a bipolar.

Na técnica Monopolar, durante a cirurgia de alta frequência o cirurgião aplica a corrente elétrica aos tecidos através de uma caneta (eletrodo denominado ativo), a energia percorre o corpo do paciente podendo ser usada para corte do tecido e/ou coagulação, retornando dos tecidos biológicos através da placa de paciente (eletrodo dispersivo).

Nesta técnica é possível utilizar até quinze funções, de modos de corte, puro, misto e pulsado que permitem amplo ajuste para o atendimento dos diversos procedimentos eletrocirúrgicos. Conta também com cinco funções do modo de coagulação, que permitem ajustar o efeito e a área de aplicação durante a coagulação do tecido.

A escolha do melhor modo e função a ser aplicado deve ser definida pelo cirurgião responsável, com o objetivo de alcançar o efeito cirúrgico desejado. 
A eletrocirurgia monopolar é o modo mais utilizado por conta da sua versatilidade e eficácia, entretanto o que traz maior riscos ao paciente, se comparado a técnica bipolar.

Para auxiliar na segurança e zelo do paciente, o produto médico, conta com o sistema PPQ (Patient Plate Quality) que reconhece automaticamente o tipo de placa de paciente utilizada, e monitora a resistência de contato entre placa e o paciente (possui indicador gráfico).
A possibilidade de uso de placas adesivas bipartidas reduz o risco de queimaduras durante as cirurgias, sempre que possível, dê preferência pelas placas adesivas bipartidas e descartáveis.

Já a técnica Bipolar, trabalha com tensões mais baixas empregando menos energia. Este sistema faz com que o Bisturi Eletrônico Microprocessado, tenha sua capacidade limitada para cortar e coagular grandes áreas de sangramento, excetuando os dispositivos concebidos para funcionar em fluídos. Com a eletrocirurgia bipolar, diminui-se significativamente o risco de queimaduras no paciente. Neste sistema a corrente elétrica irá se mover pelo tecido através da ponta das pinças. Isso porque o caminho da corrente elétrica é confinado ao tecido entre os dois eletrodos, suas pontas, eliminando também o risco de desvio de corrente.
Nesta técnica é possível ajustar em cinco modos, o que permite utilizar o produto médico de maneira mais eficiente para cada tipo de situação.

Dentre as vantagens do uso da eletrocirurgia, destaca-se:
- Permitir fazer o corte e a coagulação (hemostasia) simultaneamente.
- Possibilitar um acesso mais fácil a determinados locais cirúrgicos (como em endocirurgias) e laparoscopias.
- Minimizar o risco de disseminação de células doentes, já que estas são destruídas através do calor.
- Ser capaz de estancar hemorragias (efeito hemostático), o que é essencial em intervenções em órgãos muito vascularizados ou com rede capilar intensa (como por exemplo o fígado, baço, pulmões e coração).
- Permitir controle do sangramento e melhor visualização do campo cirúrgico.
- Reduzir a perda de sangue.

Com o ajuste preciso da potência de saída, este Bisturi Eletrocirurgico pode ser utilizado em cirurgias de pequeno, médio e grande porte.

CARACTERÍSTICAS DO BISTURI LE3 DE 300W DE CORTE:
- Potência máxima do modo de corte: ATÉ 300W
- Potência máximo do modo coagulação: ATÉ 180W
- Potência máxima Bipolar: ATÉ 250W
- Display digital de LED independentes, para exibição de informações e programações;
- 25 modos de operação sendo: 15 modos de corte, 5 modos de coagulação e 6 modos de Bipolar;
- Ajuste digital de potência com precisão de 1W e de 0,5W para o micro-bipolar;
- Acionamento por Caneta de comando manual ou por pedal;
- Pedal monopolar para corte e coagulação, para as saídas monopolares 1 e 2;
- Pedal bipolar simples ou duplo;
- Sistema de corte endoscópico do tipo pulsado PULSE;
- Bargraf e monitoramento constante da placa paciente com bloqueio da potência do gerador em caso de redução ou falha do contado com o paciente;
- Reconhecimento automático do tipo de placa paciente;
- Compatível com placas de retorno inteiriças ou bipartidas, adesivas ou metálicas;
- Sistema de curva controlada, com entrega de potências conforme o tipo de tecido e a energia necessária;
- Acionamento simultâneo das saídas monopolares para trabalho de dois cirurgiões;
- Saída bipolar isolada da saída monopolar;
- Auto Save dos últimos ajustes de potências ao desligar/ligar o Bisturi Eletrocirurgico;
- Ajuste remoto das potências através da Caneta de comando manual ou pelo pedal;
- Compatível com coagulador a Gás Argônio;
- Controle de volume ajustável;
- Seleção automática da voltagem (110~220V);
- Ventilação natural por convecção, evitando acúmulo de pó dentro do Bisturi Eletrocirúrgico.

Observação: 
- Solicite a relação de acessórios disponíveis para os bisturis elétricos;
- Solicite a proposta para receber as informações técnicas dos bisturis;
- O fabricante se reserva no direito de alterar as informações em decorrência de avanços tecnológicos.

FABRICANTE E PRODUTOS CADASTRADOS JUNTO À AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE:
ISO 9001 - Quality management systems - Requirements
ISO 13485 - Medical devices - Quality management systems - Requirements for regulatory purposes
BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO DE PRODUTOS MÉDICOS - Resolução RDC 16, DE 28/03/ 2013 (ANVISA)

CERTIFICAÇÃO DE PRODUTO - BISTURI ELETRÔNICO:
PORTARIA 54 DO INMETRO DE 01/02/2016 - Conformidade INMETRO
RDC 27 DA ANVISA DE 21/06/2011 - Certificação compulsória
ABNT NBR IEC 60601 – 1:2010 EMENDA 1:2016 - Requisitos gerais para segurança básica e desempenho essencial - equipamento eletromédico
ABNT NBR IEC 60601-1-2 - Compatibilidade eletromagnética - Requisitos e ensaio
ABNT NBR IEC 60601-1-6 - Usabilidade
ABNT NBR IEC 60601-1-9 - Redução dos impactos ambientais
ABNT NBR IEC 60601-2-2 - Segurança básica e desempenho essencial - equipamento cirúrgico (bisturi eletro-cirúrgico)
ABNT NBR IEC 60601-2-18 - Segurança básica e desempenho essencial - equipamento endoscópio

No mercado, os Bisturis são conhecidos, chamados e/ou comercializados de diversas formas como por exemplo: Bisturi Elétrico, Bisturi Eletrônico, Bisturi Microprocessado, Bisturi Digital, Bisturi Cautério, Cauterizador, Gerador Eletrocirúrgico.

A Tecnoclin também efetua:
- Calibração e o Teste de Segurança Elétrica em Bisturi eletrocirurgico Barrfab
- Calibração e o Teste de Segurança Elétrica em Bisturi eletrocirurgico WEM
- Calibração e o Teste de Segurança Elétrica em Bisturi eletrocirurgico Valleylab
- Calibração e o Teste de Segurança Elétrica em Bisturi eletrocirurgico Deltronix
- Calibração e o Teste de Segurança Elétrica em Bisturi eletrocirurgico KLS
- Calibração e o Teste de Segurança Elétrica em Bisturi eletrocirurgico Emai
- Calibração e o Teste de Segurança Elétrica em Bisturi eletrocirurgico Medcir
- Calibração e o Teste de Segurança Elétrica em Bisturi eletrocirurgico Erbe

LER MAIS INFORMAÇÕES

VEJA TAMBÉM: