Equipamentos

Módulo de Eletro Vetocardiograma

Módulo de Eletro Vetocardiograma

Fabricante: Teb

Se você possui um Eletrocardiógrafo ECGPC da TEB fabricado a partir de 2016, você pode comprar o Módulo MVT – Módulo de Síntese de Vetocardiograma.

Você irá habilitar na tela de Análises, o modo de Vetocardiograma que converte os registros capturados pelo ECGPC ou C30+ fabricados a partir de 2016, para as Derivações de Frank (X, Y, Z) e Dower e Kors, exibindo suas projeções nos planos ortogonais.

O Vetocardiograma é uma representação gráfica obtida com o auxílio de um vetocardiógrafo, pela reunião no espaço dos três vetores cardíacos, mostrando a atividade elétrica do coração, em cada ciclo cardíaco, nos três planos: frontal, sagital e horizontal.

O Vetocardiograma é bastante útil, mas por muito tempo ele ficou em desuso por se acreditar que a sua execução era difícil, trabalhosa e onerosa, pois necessitaria de um equipamento caro e sofisticado para se conseguir gerar a representação gráfica dos vetores. Que seria um eletrocardiograma vetorial.

Você poderá ainda imprimir em diversos formatos, incluindo em uma mesma página o Eletroveto, onde todos os QRS`s médios são impressos na mesma página que os gráficos do Vetocardiograma, com as Medidas do ECG e as Medidas do Veto.

Através dos registros de traçados de ECG capturados pelos Eletrocardiógrafos TEB modelos ECGPC e C30+ fabricados a partir de 2016, você tem mais este recurso para analisar os traçados de ECG dos seus pacientes.

Portanto, agora você pode incorporar ao seu trabalho com os eletrocardiógrafos ECGPC ou C30+ (2016) o módulo de Síntese de Vetocardiograma.

Atenção: para os equipamentos fabricados antes de 2016, se faz necessária a troca do Eletrocardiógrafo para então inserir Módulo de Vetocardiograma ou Variabilidade de FC.

A Tecnoclin poderá lhe fornecer esta atualização para o seu eletrocardiógrafo digital de 12 derivações, solicite um orçamento sem compromisso.

LER MAIS INFORMAÇÕES

VEJA TAMBÉM: