Calibração

O que é Calibração de Equipamentos Médicos

Qual a diferença entre Aferição e Calibração?

É comum encontrar profissionais que acreditam que a Calibração de um Equipamento Médico pode ser comparada ao ato de "calibrar um pneu de carro".

Na verdade, não se calibra pneu de carro, pois o "Calibrador", mede a pressão do pneu e ajusta a pressão para mais ou para menos, conforme o valor selecionado no painel do aferidor. 
Isso atualmente ocorre de forma automática, até mesmo pela facilidade da execução.
Infelizmente, há anos este conceito equivocado de CALIBRAÇÃO vem sendo usado e acreditado como sendo o correto.  

ANTIGAMENTE, no V.I.M, os termos Aferição e Calibração tinham sentidos diferentes.

Por Aferição: entendia-se a comparação entre os valores gerados por um padrão de referência e o valor efetivamente medido pelo instrumento sob análise.

Por Calibração: entendia-se o ato de abrir o instrumento e proceder sua manutenção, até que este voltasse a medir dentro dos parâmetros estabelecidos pelo fabricante e, após esta intervenção, ele retornava ao laboratório onde era então procedida a Aferição.
Ao longo do tempo, estes termos sofreram uma mudança no vocabulário técnico a fim de adequarem-se a terminologia internacional ou VIM - Vocabulário Internacional de Metrologia.
Hoje, a palavra Aferição caiu em desuso.

Em seu lugar foi incluída a palavra Calibração e, o que entendia-se até então por Calibração, passou a chamar-se de Ajuste.  


ATUALMENTE TEMOS:

CALIBRAÇÃO: Quando nos referimos a uma Calibração, na verdade nos referimos ao ato de comparar as leituras da Unidade Sob Teste com os valores gerados pela Unidade de Medição Padrão ou o ato de mensurar valores selecionados para serem gerados pela Unidade sob Teste com um Medidor Padrão.
Por exemplo:

1- Um bisturi selecionado para fornecer 100W, ao ser submetido a um analisador de Bisturis Padrão, este mostra que na verdade o bisturi fornece 99W
2- Um bisturi selecionado para fornecer   50W, ao ser submetido a um analisador de Bisturis Padrão, este mostra que na verdade o bisturi fornece 50W

O Relatório contendo os resultados acima é o Relatório de Calibração, pois ele mostra uma “fotografia” de como o Bisturi está se comportando quando solicitamos que ele trabalhe em suas diversas possibilidades de programação comparadas a um medidor padrão.  

AJUSTE: Corresponde a Manutenção no instrumento, que apresentou um erro durante o processo de calibração.
Por Exemplo:
1- Um bisturi selecionado para fornecer 100W, ao ser submetido a um analisador de Bisturis Padrão, este mostra que na verdade o bisturi fornece 78W
2- Um bisturi selecionado para fornecer   50W, ao ser submetido a um analisador de Bisturis Padrão, este mostra que na verdade o bisturi fornece 20W

O Relatório de Calibração do equipamento acima indica que o equipamento necessita de um Ajuste ou de uma Manutenção, pois além de aplicar correções, pode ser necessário aplicar a troca de partes ou peças para o pleno restabelecimento das funções do bisturi.
Sob uma ou mais falhas, um equipamento poderá até mesmo necessitar de uma manutenção corretiva, onde partes e peças poderão ser substituídas para que o equipamento volte a funcionar. Porém, vale lembrar que após esta ação, o equipamento deve ser submetido ao Ajuste e a Calibração, pois somente desta forma pode-se ter informações para atestar que os reparos foram bem sucedidos e o mesmo encontra-se em condições de uso.  
Há casos em que a construção do equipamento não permite a aplicação de ajustes para que os valores lidos fiquem dentro das normas atuais, cabendo ao proprietário a decisão de reposição ou não do parque tecnológico.  

EM RESUMO, TEMOS:
Calibração: Ato de levantar ou coletar os valores para gerar um relatório
Ajuste:
Ato de corrigir os valores aos níveis do projeto do equipamento e suas tolerâncias
Manutenção
: Ato de fazer com que os valores existam para serem calibrados ou ajustados, ou vice-versa.  

Algumas instituições acreditam ainda, que o simples fato de possuírem um Relatório de Calibração de um determinado equipamento, já é o suficiente. No entanto, cabe ainda, ao proprietário do equipamento a análise e aceitação dos valores levantados durante a Calibração, o proprietário precisa avaliar e atestar os resultados como aceitáveis para o seu uso, ou seja, atestar que os resultados obtidos são validos para que o equipamento trabalhe em sua instituição.  

Um Relatório de Calibração deve conter um universo de informações que envolvem medidas, cálculos, dados de rastreabilidade e muito mais, mas isso não será abordado aqui, pois neste momento, estamos nos preocupando em lhe mostrar a diferença entre: Calibrar, Ajustar e Consertar.  

O universo da Calibração é regido por diversas normas. Se você está buscando uma empresa para execução da calibração dos seus equipamentos, não se atente apenas ao valor da prestação do serviço, mas também à qualidade das informações e ações que serão tomadas por esta empresa.

A contratação de um serviço de calibração de equipamentos médicos não é uma decisão que deve ser tomada apenas pelo departamento de compras da instituição, pois envolve: A Empresa prestadora dos serviços, a Engenharia do Hospital, a Enfermagem, a Administrativa e a de Compras. Todos buscando um meio comum que é a segurança do paciente.  

As normas IEC-60601 e NBR 15943 e a RDC Nº02/2010 da Anvisa preconizam as diretrizes do programa de gestão de equipamentos médico-hospitalares.
A Calibração consiste na análise de desempenho dos equipamentos através da monitoração dos parâmetros de aplicação aos pacientes, utilizando equipamentos padrões rastreáveis à RBC (rede brasileira de calibração) e INMETRO, gerando um certificado de comprovação da conformidade do equipamento.

Além de todos os benefícios para os pacientes e usuários que farão uso de um equipamento com parâmetros e desempenhos conhecidos, o atendimento às normas nacionais vigentes, a importância da calibração dos equipamentos médicos e do teste de segurança elétrica também representam uma proteção jurídica em casos de incidentes envolvendo equipamentos, pois representam o princípio da previsibilidade.  

A Tecnoclin efetua Calibração dos Seguintes equipamentos Médicos:
-
Aparelho de Pressão Arterial
- Balança Eletrônica e Mecânica
- Berço Aquecido
- Bisturi Eletrônico
- Câmara de Conservação de Vacinas e Hemoderivados
- Cardioversor Monofásico
- Cardioversor Bifásico
- Desfibrilador Monofásico
- Desfibrilador Bifásico
- Desfibrilador DEA
- Carro de Anestesia
-Centrífuga
- Eletrocardiógrafo Digital
- Foco Cirurgico
- Incubadora 3M Attest
- Incubadora para RN
- Monitor Multiparamétrico
- Oxímetro de Pulso
- Ventilador Pulmonar
- Teste de Segurança Elétrica.

Para efetuar a Calibração de Equipamentos Médicos da sua instituição, consulte a equipe da Tecnoclin!
Busque também informações sobre o V.I.M - Vocabuláro Internacional de Medidas.